Total de visualizações de página

terça-feira, 31 de julho de 2018

A maior pesquisa eleitoral na corrida Presidencial aconteceu ontem (30), Jair Bolsonaro bateu todos os recordes de audiência e a popularidade só aumentou.



Depois do programa "Roda Viva" de ontem (30), o Presidenciável Jair Bolsonaro dormiu com a certeza de que é o líder absoluto em todas as pesquisas de intenção de voto no país. Ficou nítido que os entrevistadores estavam presentes para desconstruir a imagem do Bolsonaro que até o momento continua ilibada durante 26 anos de congresso, coisa que poucos conseguiram durante todo regime democrático no país que dura seus mais de 30 anos.

A mídia em nenhum momento esteve ali para falar dos problemas do Brasil. País se acabando em corrupção, desemprego, economia falida, falta de segurança, educação e saúde. 80% das perguntas eram sobre homofobia, xenofobia, racismo, ditadura, Jesus Cristo e nada relacionado com os problemas atuais do país. Fico me perguntando! Esses jornalistas tem diploma ou se leem ao menos os próprios jornais que publicam?

Nitidamente só estiveram presente para falar de problemas do passado que já foram superados. O único intuito foi desestabilizar o entrevistado para tentar desconstruir a imagem do mesmo perante a sociedade. Foi em vão! As audiências proporcionadas ao programa com a participação do presidenciável mostra o porque ele é líder em todas as pesquisas no país com folga.

Em certos momentos, vimos "jornalistas" que se comportavam feito estagiários de quarto período de curso, sem conseguir formular uma pergunta coerente, que pudesse passar ao publico que estava acompanhando o programa, quais as ideias que o Bolsonaro tinha em mente para ajudar o país a sair da situação caótica em que se encontra. 

A mídia brasileira ontem conseguiu mostrar ao mundo o quão são parciais ao ponto de levar o jornalismo do Brasil ao antiprofissionalismo midiático nas frentes das câmeras. Agora pensem! O que acontecem por trás dessas câmeras? Da pra imaginar a proporção da disparidade da mídia com as inverdades sobre os Fakes News? Será que essa mídia está preparada para combater os Fakes News? 

Façam suas analises e tirem suas conclusões sobre os comportamentos de "jornalistas" e "da mídia brasileira como um todo". 

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Styvenson Valentim: Eu não me preocupo com a idéia que vão me atacar!

Apesar de iniciante no universo político, Styvenson já percebe que a sua candidatura causou incômodo. “Eu percebo que eles [políticos tradicionais do Rio Grande do Norte] sentem medo. Eu não me preocupo com a Ideia que vão me atacar. Minha vida é pública e transparente”, rechaçou.
Ele também se diz preparado para lidar com políticos “oportunistas”. Alerta que será rígido com possíveis propostas indecorosas. “Não tenho dinheiro para dar a ninguém. Se entrar na política, eu espero que alguém me faça alguma proposta [de receber dinheiro ilícito], para ver se ela tem coragem. Dou voz de prisão e ainda leva umas tapas. É preciso acabar com estas situações”, detalhou.
Sobre o partido político ao qual pretende se filiar, ele diz que ainda está analisando propostas. Diz que não se prende às questões ideológicas. “Eu tenho a minha ideologia. Já falei com o PSL e Solidariedade. O fato é que não preciso de aprovação de partido”, reforçou.
Ele lamenta que ao deixar função de comandante também de ser ausentar da ação desenvolvida na Escola Estadual Maria Ilka de Moura, no bairro do Bom Pastor, zona Oeste de Natal. O capitão adotou a unidade de ensino. Os policiais militares realizaram atividades de segurança e de cidadania. O sucesso da empreitada, que elevou o número de matrículas e a redução dos índices de violência na região, resultou num convite para uma palestra em um fórum de segurança pública na Universidade de Oxford, na Inglaterra, em setembro deste ano. “Não dá para falar de segurança sem falar educação pública. A educação é a base para a cidadania. Prometi que não vou esquecer a escola e sempre vou ajudá-los”, finalizou.

Morre segundo Boi mais temido dos Rodeios Brasileiros, Agressivo como era conhecido morreu aos 17 anos e estava aposentado.



O touro mais temido dos rodeios nacionais morreu no último final de semana aos 17 anos. Agressivo, como era chamado, estava aposentado há três anos e vivia numa fazenda em Icém, interior de São Paulo. Ele pertencia à companhia Paulo Emílio e colecionava títulos da PBR (Professional Bull Ridesrs), uma liga internacional de rodeios.

Em 2010, foi considerado o touro do ano e o melhor touro da etapa de Barretos em 2014. Segundo a PBR, apenas dois atletas foram capazes de montar e ficar oito segundos em cima de Agressivo. Era considerado o sucessor do touro Bandido, esse virou personagem na novela América, de Glória Peres, exibida na TV Globo em 2005. Devido à idade avançada, o animal sofria de artrose nas articulações.

“É uma grande perda. Todos sabem que trato meus touros como filhos, vibro com eles e proporciono todo bem-estar que eles merecem durante as competições e após a aposentadoria. É um dia triste para o mundo dos rodeios”, afirmou Paulo Emílio Marques, proprietário do animal.

Nas redes sociais, Paulo Emílio ainda disse que Agressivo ficou internado por cinco dias no hospital veterinário da Unirp (Centro Universitário Rio Preto), fraco e sem comer. “Seus órgãos começaram a parar de funcionar. Infelizmente a idade chegou”, disse.

Créditos: Revista Globo Rural

https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Criacao/Boi/noticia/2018/07/touro-mais-temido-nos-rodeios-do-brasil-morre-aos-17-anos.html





HERMANO NA ESTRADA! Domingo de Cavalgada, Convenção e Festa de Santana.



Ao cumprir agenda do final de semana com diferentes atividades, o deputado estadual Hermano Morais (MDB) encerrou este domingo indo a três cidades. Logo cedo, em São José de Mipibu, Hermano participou da XIII Cavalgada de Santana e São Joaquim, padroeiros do município.  O comboio saiu do Engenho Lagoa do Fumo após café da manhã na propriedade e encerrou no Espaço Verde, com leilão beneficente.

Em Ielmo Marinho, foi realizada a convenção do MDB local. O Ginásio estava cheio e pré-candidatos do partido a nível estadual e federal presentes. Foram exaltados os nomes do senador Garibaldi Alves, do deputado federal Walter Alves e de Carlos Eduardo (PDT) como representação a ser apoiada para o governo.

“Com a experiência administrativa que Carlos Eduardo tem eu defendo as suas causas nos municípios onde milito e tenho certeza que com sua visão esse Estado vai tomar novos rumos”, disse Hermano Morais.

Já em Natal, os últimos compromissos foram na zona Norte. Primeiro, o deputado foi até o bairro da Redinha participar do Arraiá dos Navegantes, no clube Nana Banana, a convite de Nivaldo Bacurau. Foi uma oportunidade de rever algumas pessoas que estão acompanhando o desempenho dele desde o início de sua carreira política, no ano de 1992.

Logo depois, Hermano foi ao encerramento da Festa de Santana, na paróquia de mesmo nome, no Conjunto Soledade II. Lá foi realizada uma missa campal e a companhia ficou por conta de Djanildo, da Rádio Comunitária Santana FM.








domingo, 29 de julho de 2018

Reforço de Peso! João Amoedo e Bolsonaro juntos no pleito de 2018, será?



Uma cena chamou a atenção dos internautas hoje (29) pelo Twitter, uma conversa informal entre o Candidato a Presidência da República e Janaína Paschoal cotada para ser vice-presidente de Bolsonaro. Nos pôsteres, Janaína conversa abertamente com Amoedo explicando-lhe que "o lado de lá" está se unindo, mas não contra o Bolsonaro e sim contra as ideias dele (Bolsonaro), do Amoedo e da própria Janaína.

Em um trecho da conversa ela diz: "Amoedo, eles estão se unindo do lado de lá, precisamos nos unir do lado de cá. Caso contrário, em 2022, estaremos participando de campanhas para marcar presença, para fomentar o debate". A conversa continua e os dois trocam palavras pelo twitter como se estivessem falando num aplicativo como whatsapp.

Em outros trechos, Janaína pede para que Amoedo lesse a entrevista dele ou pedisse para alguém de sua confiança ler, pois havia uma incongruência. Disse ela: "Amoedo você está indignado com o fato de um dos candidatos fazer alianças que está fazendo, mas admite a possibilidade de ter que apoiar esse candidato no segundo turno?". Janaína em suas falas, demonstra o interesse de intermediar uma conversa entre Jair Bolsonaro e João Amoedo.

São coisas que a política nos traz, em outras partes da conversa, pessoas ligadas ao Amoedo e o próprio Amoedo, admitem em conversas anteriores que não apoiariam candidatos de esquerda. Janaína vendo que as alianças entre os outros candidatos vislumbra unicamente uma unificação para uma perpetuação da esquerda no poder, resolveu agir em busca de unir as experiências de Amoedo como administrador, com os pensamentos liberais de Bolsonaro e com as ideias do Paulo Guedes.

Para o mercado de especulação, caso aconteça uma junção entre PSL x Partido Novo, o mercado começará olhar com mais ênfase a política econômica de Bolsonaro, isto porque com os nomes de Paulo Guedes e Amoedo, a visão de mercado  e a liberdade econômica que o país precisa ganharia um reforço de peso. Resta saber se irá se concretizar a ideia e se a Janaína terá um poder de persuasão para convencer Amoedo se unir com Bolsonaro ainda no primeiro turno.

Confira os prints da conversa!










A política dos capitães na Presidência, no Senado e no Legislativo. Conheça Capitão Gondin, Candidato à Deputado Estadual pelo PSL/RN.


Nos últimos anos aqui no Brasil muito se ouviu pessoas nas ruas pedindo, quase implorando, por uma "intervenção militar" no país, para que se pudesse retirar do poder partidos políticos corruptos, sanguessugas de dinheiro publico, políticos apadrinhados com um sistema corrupto com interesses apenas de secar os cofres públicos e manter o poder paralelo em suas mãos, fazendo o povo refém de suas políticas.

Nota-se que esse "clamor popular" por uma "intervenção militar" tem ganhado capítulos cada vez mais concisos em prol desse objetivo, porém de uma forma diferente e legal, por meio da legislação brasileira. A "intervenção militar cívica" exercida pelo "Poder do voto", que está sendo realizada legalmente pelos três poderes da nação, Legislativo, Executivo e Judiciário, tem mudado muitas diretrizes adotadas por partidos e políticos descompromissados. Então, vos apresento mais um Capitão que entra no time para lutar por um Estado e por um País melhor. Capitão aposentado da Aeronáutica, Gondin!

O Capitão Gondin participou da Convenção do PSL RN, na Câmara Municipal da Cidade do Natal, ontem (28) que aconteceu as 09h. Ele foi oficialmente indicado para concorrer ao cargo eletivo de Deputado Estadual pelo PSL/RN. Na Câmara de Vereadores, falou da sua trajetória como ativista, apoiador dos ideais do seu amigo Capitão Bolsonaro, no Rio Grande do Norte.

O Ex-Militar afirma que em função da sua nova missão como Candidato a Deputado Estadual a sua responsabilidade aumentou e os desafios evoluiriam. Agora, os combates não serão mais no campo do debate ideológico, mas, sim, em propostas legislativas que visam confrontar-se com a MAIOR crise financeira da história que passa o Estado do Rio Grande do Norte.

O Governo do Estado do RN já decretou estado de calamidade pública na saúde e na segurança pública. E está na iminência de decretar estado de calamidade nas finanças. O Estado está FALIDO, pois acabou dinheiro!  Entretanto, o que se constata é que candidatos da velha política, SEMPRE em período eleitoral, utilizam o mesmo artifício quando fazem promessas que não podem cumprir. O mesmo “canto da sereia como: “ Vamos renovar!”, “Vamos melhorar na saúde!”; “ Vamos investir na segurança pública!”, “O RN terá mais empregos!” etc, contudo o nosso sofrido Estado continua afundado no caos.

Esses mesmos candidatos aos cargos eletivos que fazem as mesmas promessas, caso tenham êxito nas eleições, DESAPARECEM do cenário público, não prestando contas para aqueles que o elegeram. Por isto, a sociedade não aceita mais as falsas promessas desses candidatos oportunistas que querem se eleger a todo custo, enganando os eleitores de boa fé.

Baseado nestes argumentos o Candidato a Deputado Estadual Capitão Gondin citou, na Tribuna, concluiu o seu discurso, apresentando as bases das suas 16 (dezesseis) propostas de campanha que serão em 12 (doze) vídeos. São propostas realistas, executáveis e fundamentais para: Recuperar o equilíbrio financeiro e fiscal de um Estado Falido, apresentando origem para a aplicação dos recursos; Combater os privilégios das altas oligarquias políticas e agentes públicos; e Resgatar a dignidade do sofrido Povo Potiguar.









Pesquisa FIERN/Certus! Capitão Styvenson sobe margem e fica a três pontos de Garibaldi.



A disputa pelo Senado Federal no Rio Grande do Norte está acelerada como uma corrida de formula 1 e um nome vem subindo a cada nova pesquisa como se fosse Ayrton Senna numa corrida de pista molhada, correndo com sua Lotus que ninguém dava nada por ela, passando grandes nomes e ganhando cada vez mais corpo nas disputas.

Fazemos essa analogia para corrida pelo Senado Federal, porque até três meses atrás Styvenson Valentim era apenas um nome qualquer na disputa. Saiu a primeira pesquisa em que o mesmo obteve uma margem de 9% e alguns disseram que ele não passava desse percentual. A corrida continuou e o Capitão naquela calmaria de sempre fazendo sua entrevistas e dando suas palestra manteve a pontuação.

Veio a Segunda pesquisa Tribuna do Norte e um aumento de significativo de 7% pontos nas intenções de votos, onde na pesquisa anterior o Pré-candidato surgia com 12% e na atual (segunda pesquisa) apareceu com 19% das intenções de voto. A crescente veio se mantendo e hoje na terceira pesquisa FIERN/Certus, o Capitão aparecem em Segundo Lugar atrás apenas de Garibaldi com 3% de diferença. Hoje no voto estimulado aparece em primeiro junto com Garibaldi na disputa pela primeira vaga.

Tem sido dias de preocupação das velhas oligarquias em ver alguém que até 3 meses atrás não tinha pretensão nenhuma e hoje está colado na disputa pelo senado junto com um nome de peso e a frente de outros nomes consolidados na política. O capitão Styvenson tem deixando muitos sem dormir. O partido em qual se filiar não foi decidido, mas será uma somatória de fatores positivos para qualquer partido lhe receber, visto nos discursos das entrevistas concedidas em vários meios de comunicação.

Convenção do PMB! Fortíssimo candidato a se eleger Deputado Federal, Robson Carvalho faz discurso altissonante pelo fim das Oligarquias do Rio Grande do Norte.



Na manhã de ontem (28), aconteceu na Zona Norte de Natal a convenção do PMB/RN para confirmação dos registros de candidaturas dos seus candidatos. A coligação "Avança RN" tem sua base forma pelo G7, grupo de sete partidos que se uniram para por um fim ao reinado das velhas oligarquias que dominam o Rio Grande do Norte.

Os partidos PMB, PTC, PPS, PRP, PTB, PMN e AVANTE uniram-se sem formar alianças com candidatos vistos como oligarcas que irão para disputa do Governo do Estado. Por ser conhecidos como partidos "nanicos" (termo usado para partido pequeno no meio político), os discursos contra a política adotada pelos velhos partidos eram enfáticos e demonstravam uma sede de mudança.

O destaque da convenção do PMB ficou com o Deputado Robson Carvalho, jovem vereador de Natal eleito na última eleição municipal, o qual ao longo desses dois anos fez um excelente trabalho elevando seu nome dentro do partido e sendo um dos legisladores municipais mais atuante da Câmara de Natal. Seu trabalho renderia bons frutos e hoje Robson está plantando uma semente nova e de esperança para o povo do Rio Grande do Norte.

Em poucas palavras, mas com coerência e coesão, Robson expôs para o publico presente que estimava-se em média quase 5 mil pessoas, que estava descontente com a forma de se fazer política aqui no Estado. Demonstrando que o poder das oligarquias causava um mau para o povo do Rio Grande do Norte, onde o Estado não desenvolveu o esperado e o sofrimento do povo do Potiguar só aumentou.

"Precisamos de mudança na política brasileira. Eu sou jovem, sou você, sinto como você a insegurança em nosso estado, o desemprego, a falta de perspectivas para o cidadão; sofro com o caos na saúde e é por isso que estou aceitando esse imenso desafio. Não é somente eu que quero mudanças, é a sociedade brasileira, o povo quer mudanças. A hora é agora"

Robson é um fortíssimo candidato à vencer às eleições de 2018 com uma grande margem de votos. Pudemos observar que o novo se faz presente na política atual e aceitação do publico para as mudanças necessárias no cenário político atual tem tomado uma proporção enorme naquilo que víamos nas eleições passadas. Podemos cravar que política é como um mercado financeiro de riscos, onde estudam-se as possibilidades através dos mercados e da sua aceitação, assim é na política de hoje, onde as pessoas tem o poder das mídias sociais para avaliar cada um candidato através de seus discursos, seus trabalhos, seus desenvolvimentos, processos e o dia a dia. 

Agradecemos o convite feito ao Blog Leitura Potiguar pela blogueira Adriana Nascimento e pelo Robson Carvalho para prestigiar o evento. Todo o evento foi analisado minuciosamente para que pudêssemos emitir uma matéria concisa com a verdade daquilo que vimos. Muito satisfatório a participação no evento e desde já queremos desejar boa sorte ao candidato nesta empreitada. 

Fotos cedidas pelo Blog Riachuelo em Ação.











Convenção do PSL/RN! A coligação RENOVA RN é formada pelos partidos PSC, PSDC, PEN/PATRIOTAS, PPL, PV, SOLIDARIEDADE e PSL.



Ontem (28), na Câmara de vereadores de Natal, o PSL/RN fez sua convenção para formalizar os registros de candidaturas dos seus filiados. O evento foi realizado com a participação de várias lideranças políticas, empresários, grupos de apoio a candidatura de Bolsonaro a Presidência da República, autoridades e militares da reserva e da ativa.

Houve uma presença significativa de mulheres, tais quais, eram pré-candidatas e apoiadoras demonstrando prestígio e  apreço ao partido. Essa numerosa presença de mulheres na convenção, desfaz mais um falácia de "machismo" contra o Bolsonaro.



Algumas surpresas aconteceram no evento e na junção das coligações, com a vinda do PV e Solidariedade para juntar-se ao grupo do PSL/RN. Conhecidos por serem partidos ideologicamente de esquerda, aqui no Estado tem uma visão mais ampla e um pensamento mais conservador alinhando-se assim com as diretrizes do PSL.

Os destaques ficaram por conta do lançamento da Candidatura do General Girão a Deputado Federal, Cícero Martins vereador de Natal, candidato a Deputado Estadual, Daniel Sampaio Estadual, Coronel Azevedo também Estadual e demais outros nomes. O discurso emocionado do Coronel Azevedo, que explanou seu pensamento sobre a atual situação do Estado, chamou a atenção dos presentes que juntos se emocionaram com a fala do futuro parlamentar.



Novos candidatos também estão surgindo na política do Rio Grande do Norte, e em destaque, colocamos dois nomes que vêm forte para disputa da vaga para Assembléia Legislativa do Estado. Trata-se de Ingrid Lopes Lobato, jovem, casada, filiada ao PSL/RN, vice-presidente do movimento Endireita Natal, formada em ciências contábeis e uma ativista pró-Bolsonaro. O outro nome é o Capitão Gondin, militar aposentado das forças armadas, formado em ciências contábeis e um dos coordenadores da campanha do Bolsonaro aqui no Estado.




O Presidente do Partido Brigadeiro Carlos Eduardo conseguiu unir uma coligação formada por 8 partidos que vislumbram juntos desempenhar um papel fundamental para eleger um número máximo de candidatos e conseguir uma grande quantidade de votos de legenda para somar a campanha do Jair Bolsonaro. Confiram as fotos do evento!




Representante da comunidade LGBT também se fez presente na solenidade de convenção do PSL, Auri como é conhecido, é líder comunitário do Conselho de Segurança do Bairro de Lagoa Nova, Natal. Defensor dos valores da família, sempre faz questão de prestigiar os eventos do partido, dos encontros com Bolsonaro e das reuniões dos grupos que apoiam a candidatura do Bolsonaro. 









O PRESIDENTE JAIR BOLSONARO IRÁ ESCOLHER "O REITOR" DE 11 UNIVERSIDADES FEDERAIS, DENTRE ELAS A UFRN

O Presidente Jair Bolsonaro poderá escolher o reitor de 11 universidades federais neste ano. O motivo: nos últimos dias da gestão Michel T...